Capitalismo. Hora de Reiniciar

Capitalismo. Hora de Reiniciar

A última edição do jornal Financial Times de Londres chamou atenção quando publicou um artigo sinalizado de amarelo com o titulo: CAPITALISMO. HORA DE REINICIAR. Abaixo do grande negrito, havia um subtítulo muito menor, mas não menos significativo, que dizia: “Os negócios devem ter lucro, mas também servir a um propósito”.

Financial Times estabeleceu-se como uma voz de campanha dedicada à reforma do capitalismo com o lançamento de uma nova campanha de marca.

A campanha ‘Nova agenda’ é um marco das mensagens mais significativa da editora desde o advento da crise financeira global de 2008, com a intenção de posicionar o FT na linha de frente do debate sobre o rumo de nosso modelo corporativo e econômico.

Manchete como “Capitalismo: Hora de um Reinício”, a discussão se concentrará na busca de lucro e em como promover um senso mais amplo de propósito corporativo.

O editor Lionel Barber explicou: “O modelo capitalista liberal proporcionou paz, prosperidade e progresso tecnológico nos últimos 50 anos, reduzindo drasticamente a pobreza e elevando os padrões de vida em todo o mundo”.

“Mas, na década desde a crise financeira global, o modelo ficou sob pressão, particularmente o foco em maximizar lucros e valor para os acionistas. Esses princípios de bons negócios são necessários, mas não suficientes. Está na hora de uma redefinição.

Quem acompanha o Voicers sabe que há pouco tempo estamos amplificando o tema Soft Economy.

“A lógica de se operar em Soft Economy em quase todas as referências, quebram paradigmas e juntam paradoxos. Onde tínhamos controle & follow ups, temos confiança & fellow ups.”

Ligia Zotini

Você está pronto para viver segundo novas dinâmicas econômicas, com novas matrizes de renda?

Constantemente promovemos eventos e palestras que traduzem essa nova economia disponibilizando mapas de transições, fiquem de olho em nosso canal no youtube e nas rede social.

Fonte: FT

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu