Como Incentivar o Empreendedorismo na Escola

Como Incentivar o Empreendedorismo na Escola

Em entrevista para o Voicers, João Rubens comenta o impacto que a ETE FMC desempenhou para o desenvolvimento da sua carreira. Fomos pesquisar qual o diferencial dessa instituição. Olha que incrível o trabalho que eles desenvolvem.

A ETE FMC localizada em Santa Rita do Sapucaí, foi a primeira escola de eletrônica da América Latina. Num universo de tecnologia, onde a eletrônica, a automação, os novos conceitos em biomedicina transitam com grande naturalidade e rapidez. É um espaço onde respira-se a aplicação do conhecimento científico, através da técnica, do empreendedorismo, da inovação e da pesquisa…

A escola proporciona para seus alunos atividades diferentes como:

Feira de Projetos Tecnológicos:

Com o objetivo de incentivar o empreendedorismo e a criação de novas empresas, a ETE FMC realiza anualmente, no mês de outubro, a PROJETE – Feira de Projetos Tecnológicos. Nela, são expostos trabalhos de diversas áreas da automação, biomédica e telecomunicações, voltados para aplicação em saúde, informática, inclusão, resgate, aeronáutica, trânsito, sustentabilidade, prevenção de acidentes e esportes.

Hoje, através da PROJETE, a ETE busca empreender a melhor forma de integração escola-empresa, num esforço educativo de contextualização da educação profissional.

A primeira PROJETE aconteceu no ano de 1981, porém foi idealizada em 1979. Esta edição da feira foi realizada somente dentro do restaurante da ETE, utilizando apenas de tábuas como mesas para os alunos demonstrarem seus trabalhos. Foram apresentados cerca de 35 trabalhos de alunos que se encontravam muito entusiasmados com a novidade. Somente em 1998 foram instituídos os estandes para a feira.

Atualmente, cerca de 800 alunos dos cursos técnico diurno, noturno e Ensino Médio Regular, se esforçam, pesquisam e desenvolvem cerca de 200 projetos, todos os anos.

Em 2015, pelo 12º ano consecutivo, os melhores projetos da feira foram selecionados para participar da FEBRACE, maior Feira Brasileira de Ciência e Engenharia, realizada pela Universidade de São Paulo (USP). Em edições anteriores, os alunos conquistaram 66 prêmios, nacionais e internacionais, por suas inovações.

Dentro dessa metodologia, vale ressaltar ainda o incentivo ao empreendedorismo, que amplia a visão do aluno e desenvolve não apenas as competências, habilidades e conhecimentos técnicos requeridos pela carreira acadêmica ou profissional. Mas ensina a pensar fora da caixa e a utilizar os recursos disponíveis para fazer sempre mais e melhor, formando homens e mulheres conscientes de seus deveres e ativos na sociedade.

Simulação Interna das Nações:

Pela primeira vez, a Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa realizou a Simulação Interna das Nações – SINU – nos dias 09 e 10 de outubro, com a participação de todo Ensino Médio. O evento também é pioneiro em Santa Rita do Sapucaí.

A SINU simula o ambiente da Organização das Nações Unidas e tem como objetivo debater temas de relevância internacional, inserir os estudantes no cenário global, além de buscar possíveis soluções para os problemas atuais ou históricos. Neste ano, a atividade simulou o Conselho de Direitos Humanos, sob o tema “Revisão Periódica Universal: análise da situação atual dos direitos humanos”.

A primeira edição da SINU na ETE FMC trouxe resultados significativos para toda comunidade escolar, sobretudo para os alunos que viveram essa experiência. Entre os pontos positivos, a aluna Bianca Mendes destaca a integração: “Acredito que um dos pontos mais importantes da SINU foi a integração com alunos de diferentes turmas, compartilhando ideias e objetivos, com uma maior união entre todos – o que é um dos princípios da ONU”.

Fonte: ETE FMC

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu