Durante Depoimento de Mark Zuckerberg Congresso Propõe Legislação Para Limitar Facebook & Cia

Durante Depoimento de Mark Zuckerberg Congresso Propõe Legislação Para Limitar Facebook & Cia
Facebook CEO Mark Zuckerberg arrives to testify before a joint hearing of the Commerce and Judiciary Committees on Capitol Hill in Washington, Tuesday, April 10, 2018, about the use of Facebook data to target American voters in the 2016 election. (AP Photo/Pablo Martinez Monsivais)

Se seus olhos estavam grudados na tela enquanto assistia Mark Zuckerberg contrito, de testa larga e rosto de lua. Provavelmente você perdeu a única notícia importante que saiu no Congresso nas últimas horas.

Ou seja: legislação proposta que poderia limitar o Facebook e sua laia mais do que qualquer outra antes.

? Jack Gruber | @USAtoday

Hora de Impedir Transgressões de Rede

Hoje, os senadores Edward Markey (D-MA) e Richard Blumenthal (D-CT) introduziram uma legislação chamada Customer Online Notification para impedir transgressões de rede de provedores de borda (ato de CONSENTIMENTO  –  mais atraente, certo?).

A legislação exigiria que empresas que extraiam dados de usuários vendessem para anunciantes, como Facebook e Google (ambos mencionados pelo nome no comunicado à imprensa, mas não na própria legislação), para permitir que os usuários optassem pelo compartilhamento de informações pessoais e desenvolver “práticas de segurança razoáveis”, de acordo com um comunicado de imprensa . As empresas teriam que notificar os usuários se seus dados foram coletados ou compartilhados, ou se suas informações foram invadidas.

Caberia à Federal Trade Commission (FTC) impor a lei, que, como observa The Verge , tornaria a agência ainda mais poderosa, especialmente no campo da publicidade on-line, sobre a qual a FTC já tem jurisdição .

Os legisladores americanos parecem estar atendendo às crescentes demandas dos consumidores por uma legislação que proteja sua privacidade on-line. Embora, ainda não esteja claro quando a Lei de Consentimento poderá ser votada.

Queremos Ações Legislativas em vez de Desculpas

Os senadores Markey e Blumenthal não parecem tão impressionados com as desculpas de Zuckerberg . Eles decidiram que chegou a hora de defender os usuários que ficaram chocados com o escândalo da Cambridge Analytica e ainda se encontram com pouca participação (ou, muitas vezes, conhecimento sobre) que tipo de dados suas próprias empresas estão usando para ganhar dinheiro e compartilhar com os outros.

“Os surpreendentes abusos do consumidor por parte do Facebook e de outros gigantes da tecnologia exigem uma ação legislativa rápida, em vez de desculpas e empolgação”.  Blumenthal

“Nossa declaração de direitos de privacidade é construída sobre uma filosofia simples que devolverá autonomia aos consumidores: consentimento informado afirmativo. Os consumidores merecem a oportunidade de optar por serviços que possam minerar e vender seus dados. Não para descobrir que suas informações pessoais foram exploradas anos depois ”.

 


Fonte: Futurism

405 visualizações, 1 

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu