Hilma af Klint e seu Fantástico Oceano de Cores”

Hilma af Klint e seu Fantástico Oceano de Cores”

Respire fundo! Quando foi a última vez que alguém leu uma história para você? Prática difícil, quase impossível nesse chamado tempos modernos. O que poucos sabem é que ao ouvir uma história, acessamos a criança interior que temos, o que resulta em navegar em um universo de imaginação, criação e conexão.

E foi basicamente assim, ouvindo Hellene ler sua mais nova obra “ Hilma af Klint e seu fantástico oceano de cores”, que entendi como um assunto tão complexo, que apresenta obras de artes contemporânea e disruptiva, feitas por uma mulher que viveu muito a frente de seu tempo , poderia se transformar em uma literatura infantil.

O livro é uma narrativa da trajetória de Hilma af Klint. Nascida na Suécia em 1862, vinda de uma família sem muitas posses, teve oportunidades de acesso a lugares e coisas que não estavam disponíveis as pessoas de sua classe. Somado a curiosidade e busca pelas coisas ocultas, Hilma se desenvolveu e quebrou vários paradigmas. Fez parte das primeiras mulheres a ingressarem na universidade e a trabalhar profissionalmente, não se casou ou teve filhos. Formou-se na Academia Real de Artes de Estocolmo, pintou 1.200 obras de artes, escreveu 26 mil folhas em seus diários.

As obras de Hilma não foram pintadas para sua época, mas para um tempo futuro. A pedido da própria pintora, as obras só poderiam ser vista vinte anos após sua morte. Ela faleceu em 1944, suas obras só foram encontradas em 1962 e levou mais 42 anos até que fossem aceitas em uma exposição, entretanto, hoje  está amplamente acessível. Exatamente em uma época que precisamos buscar nossas melhores versões, e esse melhor evolve ser humano, não é casar-se, ter um bom emprego, ganhar dinheiro ou ser bem sucedido, nada disso revela quem somos. As crianças já sabem disso, afirma Hellene, mas nós poluímos essa mensagem enquanto eles crescem. Por isso a importância do livro.

Baseado no estudo do filósofo Georges Didi-Huberman, Hellene afirma que um adulto ao contemplar uma obra, faz referência daquela imagem com outras imagens existentes em sua cabeça, acrescentando símbolos e significados. A criança não possui essa quantidade de informações e pré julgamentos, o que a deixa muito mais próxima da realidade artística daquele pintor. Portanto toda complexidade e simbologia retratada em obras contemporânea desaparecem no olhar das crianças, e o convite expressos nas cores para essa viagem, oceano adentro de quem somos, são recebidos pelos pequenos de forma simples e natural.

A criação do livro também foi uma obra a parte, Hellene transformou algumas das obras de Hilma em figuras 3D feitas com lã, que estão retratados no livro. As ilustrações apresentam fragmentos das próprias pinturas de Hilma, transformando a obra em uma experiencia não só auditiva e visual, como também tátil. 

O livro Hilma af Klint e seu Fantástico Oceano de Cores, será lançado em março em diversos lugares do Brasil e na Argentina. A versão digital já está disponível também no inglês e espanhol.
Goiana/Pernambuco 07 de março no Atelier Valcira Santiago

Recife/Pe 09 e 10 de março

12 de março em São Paulo, na livraria Millenium

Maiores informações acessem Instagram da obra:

https://instagram.com/hilma_af_klint_oceano?igshid=wwav5l9iu4rp

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu