Qual é o Seu Propósito? Ou o Segredo é Apenas Sorrir?

Qual é o Seu Propósito? Ou o Segredo é Apenas Sorrir?

Há algumas semanas atrás fui provocada a escrever e compartilhar algumas experiências de vida. Aceitei esse desafio! Principalmente por ele ter vindo de uma jovem com muita energia e que acaba de iniciar sua carreira profissional.

Sucesso Profissional

A história é a seguinte, certo dia, fui convidada a participar de um ciclo de palestras sobre carreira na Universidade de São Paulo (USP). Aquilo brilhou meus olhos, pois eu estava há um ano de defender minha tese de doutorado e já começava a me perguntar, assim como outros amigos, o que faria da vida depois de me graduar? Alguns colegas já haviam escolhido seguir carreira na indústria de saúde ou farmacêutica em grandes corporações, outros como eu, estavam iniciando suas carreiras na indústria da educação. Entrei no auditório da USP quando uma docente da área de RH chamava uma executiva que atuava na alta gestão de uma empresa de saúde para compartilhar sua história de vida.

Ao subir ao palco, a executiva contou suas experiências e caminhos percorridos para obter o sucesso profissional que ela tanto desejara. A princípio parecia que a história teria um final feliz, mas logo ela começou a fazer o contraponto e contar o quanto abriu mão na vida pessoal para conquistar posições de liderança em sua vida profissional. Ao final, já completamente emocionada, disse que viveu menos do que ela desejara com os filhos, com a família e que havia acabado de tomar uma decisão; largaria o mundo corporativo para aproveitar o tempo que ainda lhe restava para se dedicar ao que para ela fazia sentido na vida.

Esse depoimento me tocou profundamente num momento em que eu refletia sobre meu futuro e me ajudou a definir o caminho que eu queria seguir. Antes de mais nada, busquei primeiro entender quais eram os meus valores e decidi naquele momento trabalhar com algo que eu acreditava, educação. Me tornei uma professora universitária e em pouco tempo assumi a coordenação de alguns cursos e me tornei assessora da reitoria.Durante esse período o aluno sempre foi o meu foco principal.

Tudo o que eu fazia era pensando em como podíamos levar uma nova forma de aprender e como aproximar a prática da teoria. Entrei para ensinar, mas o fato é que aprendi que dificuldades fazem parte do dia a dia e que estudar, ter determinação e perseverança é o que nos leva para onde queremos. Eu vibrei com o resultado de estudantes que apesar de toda a dificuldade conseguiram realizar seus desejos profissionais e chegar onde queriam.

Trabalhar Por Um Propósito

Tudo ia bem, mas eu senti o desejo de voltar para a sala de aula e escolhi estudar um assunto que me parecia interessante, a Responsabilidade Social Corporativa, tema então ainda muito incipiente no Brasil no início de 2000. Foi observando empreendedores e empreendedoras sociais que resolvi mergulhar nesse mundo. A essa altura eu já tinha dez anos de experiência e filhos pequenos, quando recebi um convite para ajudar uma corporação a gerenciar o investimento social. Confesso que a decisão de deixar a vida acadêmica e do terceiro setor não foi fácil, mas a vontade de conhecer algo novo foi maior.

Foram anos incríveis, convivendo com pessoas e comunidades que tinham o mesmo objetivo de diminuir as distâncias sociais por meio do uso da tecnologia. Quinze anos vividos nesse mundo da cidadania corporativa me fizeram reforçar um de meus valores mais preciosos; trabalhar por um propósito de forma colaborativa. Um detalhe que ainda não contei, minha graduação foi em odontologia. Certa vez um grande amigo me disse que entendia o porquê de eu ter escolhido essa profissão – apesar de não a ter exercido – era para colocar sorrisos nas pessoas. Acho que ele tem razão, minhas escolhas sempre orbitaram áreas cujo propósito é ajudar pessoas e organizações a realizarem sonhos.

Mudança de Carreira

Contrariando recomendações, reposicionei minha carreira algumas vezes. A mais recente foi no início deste ano quando aceitei o desafio de acompanhar o dia a dia do presidente da empresa em que trabalho. Tem sido uma experiência que além de ajudar a aprimorar meu conhecimento sobre gestão, tem me ensinado a importância de ter foco e gerenciar melhor o tempo. Percebo que essa função gera curiosidade, principalmente em mulheres em fase de ascensão na carreira, que com frequência me perguntam como consigo conciliar trabalho, família, filhos, projetos voluntários e pessoais. Acho que é porque busco não esquecer de alguns princípios.

  •  Ser muito sincera comigo
  • Trabalhar por propósito
  • Ouvir, em especial os jovens
  • Fazer parte de organizações que tenham alinhamento com meus valores
  • Não esquecer das pessoas que fizeram parte de minha jornada

Creio que cada um deve encontrar seu propósito e seus valores. Não abrir mão deles é um ótimo caminho. Com clareza de valores e propósitos, a jornada será mais autêntica. De resto, como diz minha filha citando L. Carroll, “O Segredo é apenas Sorrir”.

 


Texto originalmente publicado por Alcely Barroso via LinkedIn 

Comentários Via Facebook
compartilhe

Alcely Barroso

Especialista em Cidadania Corporativa, Sustentabilidade e Educação. Capacita estudantes e educadores para construção de um mundo melhor através de novas tecnologias.
Fechar Menu