SXSW EDU: Revolução Tecnológica para Educação

SXSW EDU: Revolução Tecnológica para Educação
Imagem: Instagram SXSWEDU

Vocês sabiam que na semana que antecede o South by Southwest rola o SXSW EDU?

O objetivo do SXSW EDU é promover a inovação na aprendizagem ao hospedar uma comunidade de partes interessadas otimistas, orientadas para o futuro e orientadas para o propósito. Com um objetivo compartilhado de impactar o futuro do ensino e da aprendizagem. A oitava edição aconteceu em  Austin, (05 a 08 de março de 2018).

Fizemos um resumo do que rolou por lá:

Storytellings

O Evento teve abertura com o fenômeno da narrativa, The Moth, Stories of Schooling & Getting Schooled apresentou quatro professores contando histórias verdadeiras de suas vidas – jornadas realizadas dentro da sala de aula e fora dela. Os professores trazem suas vidas para a sala de aula e suas salas de aula em suas vidas. Você pode conhecer mais sobre o projeto de cada palestrante: The MothSouth Bronx Community Charter High SchoolGreenhill School.

O Futuro da Educação Vem da VR, AR, & AI

The Future of Learning: Convergence of VR, AR, & AI

A discussão da indústria explora as últimas tendências e projetos imersivos  em VR e AR na educação. A próxima onda de computação imersiva oferece fones de ouvido autônomos de baixo custo, níveis mais elevados de interação e a possibilidade de experiências profundamente sociais. Novas plataformas capacitam professores e estudantes como criadores. “Nossos telefones estão se tornando plataformas para criar e experimentar AR. A aprendizagem imersiva não se concentrará em uma única tecnologia, mas sim em uma convergência entre VR, AR e AI”.

A palestrante desse bloco foi Maya Georgieva da Digital Bodies, ela ressalta que a experiência da imersão dará a liberdade para os estudantes criarem, interagirem e se conectarem. Dentre as experiências ela fala sobre a  Unity (engine de jogos 3D) que terá o serviço cognitivo do Watson da IBM embarcado. E pra deixar a galera curiosa ela falou sobre o jogo de aventura para dispositivos móveis inspirado no Mundo dos Feiticeiros de J.K. Rowling! Se Pokémon Go foi uma febre, espere por Harry Potter: Wizards!!! 😉

Você pode acompanhar o conteúdo dessa palestra aqui.

Trazendo Empreendedorismo para Academia:

Como Oferecer aos estudante do ensino médio a oportunidade de desenvolver habilidades que os preparem para o sucesso pós-secundário.  Os oradores oferecem perspectivas únicas sobre a criação de programas e instalações educacionais que promovam o empreendedorismo estudantil.

Um exemplo prático de instalações que proporcionam maior aprendizado é o projeto da Invision Architecture (Waukee Aspiring Professional Experience)

      A flexibilidade trás mudança inevitável:

  • Os sistemas de construção foram projetados para que as paredes possam se mover quando as funções do quarto mudam.
  • Eletricidade, colunas e outros componentes do sistema foram intencionalmente colocados para serem adaptáveis ​​às mudanças de necessidades.
  • Os exercícios extensivos de planejamento espacial incluíram centenas de desenhos de layout de sala para determinar o espaçamento apropriado para sistemas de construção de chaves e focados no “e se” em vez do “o que é”. ( KERRY WEIG)

Go Big: Digital Educational Experience Design

O painel tratou do impacto digital no aprendizado aplicado na Boys & Girls Clubs of America.  David Crusoe compara a necessidade de atrair os estudantes assim como o marketing se empenha em atrair consumidores. Gerando motivação, expectativa, ambientação, relacionamento e experiência positiva para retornar e fechar este loop.
O desenvolvimento de ambientes de aprendizagem com impactos digitais aprimorados exige pensar além da “ferramenta”. O que acontece antes, durante e depois de um envolvimento educacional específico são importantes. Além disso, durante o engajamento, os aspectos individuais, experienciais, pares, e como os professores se envolvem contribuem para os resultados.
Boys & Girls Clubs of America explore programas inovadores destinados a capacitar os jovens para se destacarem na escola, se tornarem bons cidadãos e levarem vidas saudáveis ​​e produtivas.

A pesquisa de Boys & Girls Clubs of America mostra que os jovens que freqüentam um clube regularmente tendem a fazer melhor do que seus pares a nível nacional. Por exemplo:

  • 68% dos alunos do Clube 12 são voluntários pelo menos uma vez por mês, em comparação com 39% dos alunos do 12º ano a nível nacional.
  • 90% dos alunos do Nono do Clube relatam se abster de beber álcool nos últimos 30 dias, em comparação com 77% dos alunos do nono ano a nível nacional.
  • 31% das meninas do clube de 12 a 15 anos são fisicamente ativas todos os dias, em comparação com 23% das meninas na mesma faixa etária a nível nacional.
  • Uma comparação dos dados da NYOI e da Pesquisa Nacional sobre Uso de Drogas e Saúde sugere que os membros do Clube de baixa renda, freqüentando regularmente de 12 a 17 anos, superarem seus pares a nível nacional nas notas da escola. Cerca de três quartos desses membros do Clube relatam ganhar principalmente As e Bs na escola, em comparação com 67% dos jovens a nível nacional
Você pode acompanhar o conteúdo dessa palestra aqui.

 

Educação na Prática

Pra quem pode estar fisicamente no evento teve a oportunidade de participar da Learning Expo e viver a experiência proporcionada pela Serl.io que trabalha com Hologramas de Experiência (Realidade holográfica baseada em equipe em tempo real para aprender).

Conheceram também o Licenciamento da Disney  para trabalho transdisciplinar nas escolas. Os grupos profissionais, amadores e escolares podem licenciar nossa extensa coleção de mais de 30 musicais e peças de teatro. Sim!! Agora, você pode trazer a magia da Disney para o seu palco local! Saiba mais em Disney Theatrical Licensing.

Bastante Coisa? Então! Esse foi só o primeiro dia!  :O

387 visualizações, 2 

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu