Tecnologia & Realidade Paralela| Uma Revolução na Forma como Vemos o Mundo

Tecnologia & Realidade Paralela| Uma Revolução na Forma como Vemos o Mundo

A startup Misapplied Sciences está desenvolvendo uma nova tecnologia de “realidade paralela” que promete revolucionar a maneira como vemos o mundo. Chamado Magic Pixel, o sistema permitirá que diversas pessoas vejam conteúdos completamente diferentes na mesma tela. E tudo isso ao mesmo tempo.

Fundada por uma pequena equipe de ex-funcionários da Microsoft e da Walt Disney Imagineering, a startup propõe substituir os sinais ao nosso redor por experiências inteiramente novas. Com a tecnologia, seriam simultaneamente exibidas coisas diferentes para pessoas distintas – em uma mesma localidade.

Os exemplos a seguir talvez esclareçam melhor o que a startup pretende.

Uma Nova Maneira de Experimentar o Mundo

Imagine que você esteja em um aeroporto esperando seu voo para Paris. O voo está atrasado e você está angustiado com toda a demora. Nos dias de hoje, pouco seria possível fazer em casos como esse. Você provavelmente ficaria olhando, de tempos em tempos, para os painéis responsáveis pelas informações de voo.

Mas, se você é um viajante assíduo, deve reconhecer que é bastante angustiante procurar informações específicas sobre o seu voo nesses painéis. É comum se perder na infinidade de números contidos nas telas. Os viajantes nem sempre encontram a informação que procuram, o que resulta na perda do voo.

realidade paralela 01
É comum se perder na infinidade de informações contidas nas telas dos aeroportos (Crédito: Shutterstock)

No futuro proposto pela Misapplied Sciences, você também deverá esperar o voo – infelizmente, em relação ao ponto, parece não haver uma solução a curto, médio ou longo prazo. Mas a diferença é que, ao olhar para as telas que expõem as informações de voo, você verá exatamente aquilo que procura.

Em vez de uma lista infindável de chegadas e partidas, você enxergará apenas as informações do seu voo. E as letras serão grandes o suficiente para que você possa percebê-las à distância. E, enquanto tudo isso acontece, os demais viajantes olharão para a mesma tela e verão informações de seus respectivos voos.

Imagine agora que você esteja em um estádio de futebol, aguardando um jogo do seu time. Com a tecnologia Magic Pixel, os placares existentes no estádio exibirão estatísticas de seus jogadores favoritos. Já os demais torcedores olharão para a mesma tela e receberão conteúdos personalizados, conforme seus gostos.

Embora pareça ficção científica, a tecnologia que poderá concretizar esses cenários já está em andamento, e se baseia em pixels de “múltiplas visualizações”. Ao contrário dos pixels tradicionais (que emitem uma cor de luz em todas as direções), o novo sistema poderá enviar diferentes cores de luz em milhões de direções.

Várias pessoas podem estar olhando para o mesmo pixel ao mesmo tempo, e ainda assim perceberem uma cor completamente diferente. – Albert Ng (CEO da Misapplied Sciences)

realidade paralela 02
A diferença entre um pixel tradicional e um pixel de realidade paralela (Crédito: Misapplied Sciences)

Vivendo a realidade paralela

Três membros da equipe da GeekWire tiveram recentemente a oportunidade de experimentar a tecnologia Magic Pixel, em uma demonstração privada, “a portas fechadas”. Nos vídeos a seguir, é possível observar, ainda que rapidamente, o efeito de “realidade paralela” proposto pela Misapplied Science.

Demonstração 1:

Demonstração 2:

Demonstração 3:

Um aspecto curioso da tecnologia é que ela funcionará sem necessidade de headsets volumosos, óculos futuristas ou mesmo smartphones. No entanto, as explicações técnicas de como o efeito “realidade paralela” realmente ocorre ainda estão guardadas a sete chaves pela startup.

No futuro, tudo que você verá em uma exibição pública será direcionado a você. – Paul Dietz (Cofundador da Misapplied Sciences)

Aplicações futuras

Ginger Alford, um dos primeiros investidores da Misapplied Sciences, acredita que a nova tecnologia tem potencial de ser usada no campo da educação, adaptando as lições de sala de aulas aos alunos. Com isso, o conteúdo das classes poderá ser personalizado de modo a atender às dificuldades de cada estudante.

Um aspecto fundamental é que, embora seja individualizado, [Magic Pixel] não é isolante. É muito social. – Ginger Alford

Já Don Dorsey, ex-engenheiro de áudio e designer de experiência da Disney, afirma que a “realidade paralela” tem potencial de ser utilizada para proporcionar uma forma inteiramente nova de entretenimento! Oferecendo diferentes experiências a pessoas distintas em uma mesma audiência.

Esse é um tipo de narrativa que só começamos a explorar através de jogos multiplayer e realidade virtual. Compartilhar esse tipo de experiência com os outros no mundo real é um salto daqui para frente. – Don Dorsey

Misapplied Sciences não revelou quando a tecnologia será oficialmente lançada. Não há qualquer previsão de que Magic Pixel seja disponibilizado tão cedo. De todo modo, a startup está convencida de que a “realidade paralela” será uma realidade nos próximos anos e revolucionará o mundo como o conhecemos.

 

Fonte: Futuro Exponencial

301 visualizações, 1 

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu