Voicers na SPFW 2019 | A Moda Além das Passarelas

Voicers na SPFW 2019 | A Moda Além das Passarelas
Guto Requena assina cenografia do SPFW – N47. Matéria CasaCor

Hoje completa uma semana que o maior evento de moda da América Latina, sendo o quinto maior do mundo, encerrou suas atividades. Embora a 47ª edição da São Paulo Fashion Week tenha sido palco de uma triste tragédia, é importante ressaltar sua importância para um movimento que vem crescendo a cada ano, chamado Economia Criativa.

Antes de compartilharmos nossas percepções da SPFW, expressamos nossas sinceras condolências aos familiares e amigos do modelo Tales Cotta.

Qual a sua Utopia?

Depois de muitas sugestões os organizadores da SPFW optaram não por um tema, mas por um questionamento. Qual a sua utopia, foi a maior marca do evento.

“As Utopias são um convite para imaginar e reinventar novos mundos. Elas nos ajudam a projetar cenários inspiradores e nos reconectam com a liberdade do sonho e da criação. Em torno delas é possível compartilhar visões e explorar formas de experimentação que nos aproximam dessas ideias”

Produção do Eventos

Quando o Voicers foi convidado para conhecer o evento mais de perto, um misto de curiosidade, expectativa e receio tomou conta do time. Particularmente para mim, que sou apenas expectadora e consumidora final desse universo da moda, as reticências inundavam minha mente quanto a nossa interação no evento.

Mas esses sentimentos foram breves. Ao chegar ao evento, o tema, a atmosfera e a energia dos organizadores nos encantaram e jogou para longe qualquer dúvida, e comprovaram que a SPFW é um evento que envolve todos.

Graça Cabral, está a frente da SPFW há 14 anos, em conversa com o Voicers ela pontuou que as maiores ambições do evento estão além das passarelas:

Ressignificar o local que foi palco das duas últimas edições.

A Arca, localizado na Vila Leolpodina onde foi realizado o evento, era um galpão industrial que abrigava uma fábrica metalúrgica. “Ao ocupar essa fábrica desativada, estamos olhando para novas movimentações urbanas, dando um novo significado a um bairro da nossa cidade”, diz o fundador Paulo Borges. “Quando levamos o Fashion Rio da Marina da Glória para o Píer Mauá [em junho de 2009, cinco anos antes do evento apresentar sua última edição], disseram que eu estava louco. Hoje, vejam como está o Píer”, completa, fazendo referência à revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro.

SPFW como um Hub de Inovação da Economia Criativa

Segunda o ONU a SPFW é um case de sucesso para essa nova economia que vem surgindo, a economia criativa. Os espaços comuns do evento é um ambiente propício para o encontro de pessoas que gostam de trocar ideias, formar parcerias, e tirarem suas utopias do papel e transforma-las em realidade. É um verdadeiro Hub de novos negócios. Pude comprovar de perto essa experiência quando conhecia Ellen Piragine de Curitiba que apresentou seu negocio para várias pessoas do evento, e teve o privilégio de ver uma de suas peças sendo utilizada por celebridades durante o desfile. Ela fabrica jóias em madeira retiradas da natureza seguindo o design original do material.

Um ambiente de aprendizagem com diálogo aberto

O espaço Sebrae dentro do evento trouxe diversas palestras e debates, que abordou tecnologia, comunicação, novos mercados e até um mini curso de moda.

____________________________________________________________

Depois dessa conversa e de acompanhar alguns desfiles entendemos que também Somos Moda. Como afirmou a produção:

“Moda não existe por si só. Moda, por definição, impulsiona a inovação a serviço de uma ideia, um sonho, uma intenção. Moda é coletivo por natureza, resultado de muitas mãos e muitas cabeças. Desfiles são exposições que validam a criação e a narrativa, com dezenas de desdobramentos digitais, cenas, registros fotográficos, vídeos, avaliações textuais. Tudo pronto para ser compartilhado e debatido, como um espaço aberto de Co criação. Uma plataforma de cultura contemporânea.”

Finalizamos com a percepeção da CEO e fundadora do Voicers Ligia Zotini:

“Essa experiência me fez ter uma maior dimensão do que é essa (r)evolução tecnológica que permeia todas as partes, artes, todos os entes, todos sentem…
Tive a chance de estar pela primeira vez em uma indústria que não conhecia a fundo, com a chance imergir nesse mundo intenso, colorido e fluído chamado São Paulo Fashion Week. Quanto ao tema dessa edição “Qual é a sua Utopia”? A minha é sentir o previlégio do acesso, a cada vez que coloco à disposição o que faço de melhor. E assim no fluxo das trocas, poder ser testemunha nas mais diversas áreas, não só do progresso tecnológico ou industrial, mas também do progresso humano e pessoal
Nossa gratidão pela generosidade da Graça Cabral e da Camila Silva, por permitir que o time Voicers conhecesse esse evento incrível.”

E quanto a você Qual Sua Utopia?

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu