Falas Curiosas

Falas Curiosas

Sempre gostei da dialética, de falar sobre, de fraturas expostas de palavras…

Falava para impactar não para conectar.

Até que eu entendi que a palavra por mais profunda ela é sempre superficial e o toque por mais superficial ele sempre muito profundo.

Tocamos pouco e falamos muito. E o toque não necessariamente é só o físico, existem muitos pontos de toques em uma fala.

Cultivo hoje falas curiosas…

Minha curiosidade não é movida pela vontade de perguntar coisas para poder ter arena de fala ou qualquer tipo de vantagem ou controle, ela é movida pela vontade de escutar, de entender o universo do outro e suas escolhas singulares, seus sagrados muito mais que seus segredos.

E a partir daí conectar verdades de verdade.

Não gosto do difícil, gosto do singular, do especial e do recíproco, gosto da dança entre seres e é nesse lugar que busco pertencimento.

Tocar para Trocar.

A ressonância pode ser fato, mas a permanecia é sempre afeto!”

Experimental Curiosity em Connected Talks…


Comentários Via Facebook
compartilhe

Ligia Zotini Mazurkiewicz

Tem o dom de fazer pontes entre teoria e prática, apaixonada desde muito cedo por tecnologia e como ela irá levar a sociedade para um patamar mais humano, para isso ela hackeia burocracia de sistemas antigos onde quer que esteja. Viajante nas horas vagas gosta de explorar cada canto & encanto deste mundo.
Fechar Menu