Toda Inovação Requer uma Ação | Teatro da Presença Social

Toda Inovação Requer uma Ação | Teatro da Presença Social
crédito de imagem: Pixabay

Foram pelo menos cinco tentativas de escrever esse artigo. Quando estava quase para desistir, apaguei todo o conteúdo restando apenas a frase de Albert Einstein:

Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”.

Era exatamente isso que estava me travado, geralmente tenho um processo para escrever, nenhuma metodologia específica, é algo pessoal, porém não deixa de ser um processo. Havia vivido uma experiência singular, diferente, e queria expressa-la em palavras. Mas como expressar algo tão incrível e inédito seguindo velhos processos?

Já parou para pensar que essa situação não é algo incomum seja na área pessoal ou empresarial. Muitas vezes queremos mudanças, ou somos forçados a inovar, mas buscamos alcançar novos status seguindo velhos processos. Todo processo de transformação, inovação e criação requer tempo, envolvimento e principalmente novas atitudes e práticas.

De forma simples foi isso que aprendi em um encontro na casa Maitrî. Baseado no conceito do Teatro Social explorado pela Teoria U. Buscando novas formas de avançar e inovar, o time Voicers, do qual faço parte, esvaziou-se de tudo que julgávamos ser o melhor. Esvaziamos o ego e o conhecimento próprio, para dar lugar a sabedoria, empatia, e a experiência de ouvir.

casa Maitrî

O Teatro da Presença Social

Conceitualmente “O Teatro da Presença Social é o componente mais experimental da Teoria U e foi desenvolvido por Otto Scharmer e Arawana Hayashi.

Não considere teatro no sentido convencional da palavra. Com origem no grego teatro vem de “thea”, que significa o ato de ver, ou seja, tornar público, divulgar. Trabalhado no coletivo ele utiliza posturas corporais e movimentos simples para dissolver conceitos limitantes, para comunicar diretamente, para acessar a intuição e tornar visível a realidade atual e os estados mais profundos em um sistema, frequentemente invisíveis, e os pontos de alavancagem para criar mudanças profundas. 

O Time Voicers buscou essa experiência para entender os próximos passos, e continuar em expansão. Trabalhamos em comunidade questões como: O que fazer para que o projeto perdure; como não passar despercebido; quais os próximos projetos; como crescer sendo sistemático sem perder a confiança no flow.
Sei que você deve estar pensando que tais questões poderiam ser respondidas em uma reunião, ou um brainstorm… But keep calm e lembre-se da frase no início do artigo. Buscávamos novos insights, inclusive, essas questões se quer existiam antes de iniciarmos o processo.

Para Alcançar Novas Margens é Necessário Movimento.

As soluções vieram de forma fluida e intuitiva. Deixamos que as energias manifestadas através do corpo nos guiassem as melhores respostas e posições. É como se as respostas estivesse conosco o tempo todo. Em resumo, vislumbramos duas formações quase que se unindo no formato de um elo infinito. O Voicers está em ascensão, não como um ser soberano, mas como algo que cresce embasado na força (crenças, valores, paixão) do seu time, seja no real ou digital, iremos expandir envolvendo os que precisam estar em contato com esse ecossistema trabalhando em sincronia e colaborando nesse grande sistema chamado Planeta Terra. Sim existe um outro lado, mas não oposto, é uma parte que está fluindo, como um rio, afinal para alcançar novas margens é necessário que haja movimento.

Relembrando cada episódio vivido na casa Maitrî, decidi fazer da minha experiência algo prático. Esvazie-me de mim, de toda forma racional que utilizo para escrever, e deixei que a energia fluísse não apenas da mente, mas de todo o corpo, e que se tornasse tão intensa que jorrasse para fora em forma de tinta e papel até se transformar nesse artigo.

290 visualizações, 1 

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu