Dispositivos Habilitados por Voz x Privacidade

Dispositivos Habilitados por Voz x Privacidade

Quando o assunto é inteligência artificial trabalhando em conjunto com assistentes de voz, o filme Her é a primeira coisa que aparece na minha cabeça.

A interação  homem/máquina não é exatamente uma novidade para o cinema. Mas o filme Her surpreendeu quando o brilhante diretor Spike Jonze explorou o tema de forma tão criativa.  Passado em Los Angeles num futuro próximo, “Ela” conta a história do introvertido Theodore (Joaquin Phoenix), um profissional especializado em redigir cartas, recém-separado, que se apaixona pela voz de um sistema operacional.

Para onde o Futuro se dirige

Produtos como o Echo e o Google Home nos mostraram a capacidade de dispositivos auxiliares habilitados por voz, e os especialistas acreditam que é para onde o futuro se dirige. Mas a pergunta que se pede é: nossa privacidade está garantida com esses dispositivos?

Nossa Privacidade está segura?

Em novembro de 2015, James Bates convidou alguns amigos a assistir a um jogo de futebol Razorbacks em sua casa em Bentonville, Arkansas. Na manhã seguinte, um deles, Victor Collins, foi encontrado morto na banheira quente de Bates – aparentemente estrangulado. Bates foi acusado de assassinato; ele declarou não ser culpado. Mas em sua investigação, a polícia descobriu algo intrigante. Ele tinha um Amazon Echo, o popular cilindro preto que sempre está ouvindo comandos e perguntas de voz, algo como Siri para o lar.

A polícia pediu a Amazon uma autorização de busca. Sua esperança: recuperar gravações que o Echo poderia ter feito naquela noite fatídica, com pistas sobre o que aconteceu. A Amazon recusou-se a fornecer quaisquer gravações ou dados referentes ao que Bates disse ao Echo.

Seu Assistente de voz está ouvindo?

Em geral, as políticas de gravações do Google, Amazon, Apple e Microsoft são idênticas. Nenhum áudio é transmitido até você dizer (a palavra de acordar). “Ok Google”, “Alexa” e etc. As gravações são armazenadas nos servidores de cada empresa, mas você pode excluir a qualquer momento. No site de cada empresa é possível encontrar informações sobre as políticas de privacidade.

“Mantemos as gravações de voz associadas à sua conta para melhorar a precisão dos resultados fornecidos e melhorar nossos serviços”. Mas você pode, no aplicativo Alexa, excluir algumas ou todas essas gravações armazenadas.” Amazon

No enorme show internacional de eletrônicos de consumo deste ano em Las Vegas, a melhor tendência foi a compatibilidade do Echo. Um número surpreendente de aparelhos recém-descobertos pode responder aos comandos que você fala no seu Echo: frigoríficos, interruptores de luz, tiras de energia, lâmpadas, alto-falantes, aspiradores robotizados, caixas de satélites, TVs, câmeras de segurança, fechaduras de portas, purificadores de ar, lavadoras e secadoras, carros e assim por diante.

Ao preencher nossas casas com máquinas que estão sempre ouvindo ou assistindo, os confrontos entre tecnologia e privacidade serão assuntos constante.

O Voicers participou de um painel bem interessante no HackTown deste ano, um dos nossos convidados Luis Prado que atua na área de Direito no âmbito Digital, abordou esse assunto e esclareceu várias questões. Vale apena conferir

DEBATE: A Tecnologia e o Futuro das Nossas Vidas: o Efeito Bla…

DEBATE: A Tecnologia e o Futuro das Nossas Vidas: o Efeito Black Mirror.com Ligia Zotini Mazurkiewicz, Rodrigo Terra, Luis Prado & Caio Pereira.

Posted by Voicers on Saturday, September 9, 2017

 

fonte: Scientific American

481 visualizações, 2 

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu