Inteligência Artificial do Google Faz Ligação Telefônica com a Naturalidade de um Humano

Inteligência Artificial do Google Faz Ligação Telefônica com a Naturalidade de um Humano

No palco do I / O 2018, o Google mostrou a nova capacidade do Google Assistente. É de cair o queixo! Em um futuro não muito distante, ele fará chamadas telefônicas em seu nome. O CEO Sundar Pichai, reproduziu uma gravação telefônica que foi realizada para um salão de cabeleireiro. A voz soava incrivelmente natural; a pessoa do outro lado não tinha ideia de que eles estavam conversando com um ajudante de AI digital. Surpreendentemente o Assistente do Google até pronunciou um “mmhmmm” super casual no início da conversa.

Pichai reiterou que esta foi uma chamada real usando o Assistente e não alguma demonstração.

 “O incrível é que o assistente pode realmente entender as nuances da conversa”.

 “Estamos trabalhando nessa tecnologia há muitos anos. Chama-se Google Duplex.

O Duplex realmente parece algo do próximo nível da inteligência artificial. Porém o presidente-executivo do Google disse que ainda está muito em desenvolvimento. O Google planeja conduzir os testes iniciais do Duplex Inside Assistant neste verão “para ajudar os usuários a fazer reservas em restaurantes, agendar compromissos de cabeleireiros e agendar as férias por telefone”.

Pichai diz que o Assistente pode reagir inteligentemente mesmo quando a conversa “não sai conforme o esperado”. “Entretanto estamos desenvolvendo essa tecnologia e queremos trabalhar duro para acertar isso”, disse ele. “Nós realmente queremos que ele funcione em casos, digamos, se você é um pai ocupado pela manhã e seu filho está doente e você quer ligar para uma consulta médica.”

“A tecnologia é direcionada para a conclusão de tarefas específicas, como o agendamento de determinados tipos de compromissos. Para essas tarefas, o sistema torna a experiência de conversação o mais natural possível, permitindo que as pessoas falem normalmente, como fariam com outra pessoa, sem precisar se adaptar a uma máquina.”

O Google visualiza outros casos de uso como ter negócios de chamadas de assistente e perguntar sobre horas para ajudar a manter as listagens do Google Maps atualizadas. A empresa diz que quer ser transparente sobre onde e quando o Duplex está sendo usado, pois uma voz que soe realista e convincente certamente levantará algumas questões.

Atualmente, observa-se que o Duplex conclui com êxito a maioria das conversas e tarefas. Isso sem qualquer intervenção da equipe do Google. Mas há casos em que é sobrecarregado e entregue a um operador humano. Esta seção sobre os meandros do Duplex é muito interessante:

O sistema Google Duplex é capaz de realizar conversas sofisticadas e completa a maioria de suas tarefas de forma totalmente autônoma , sem envolvimento humano. O sistema possui um recurso de automonitoramento, que permite reconhecer as tarefas que não podem ser concluídas autonomamente (por exemplo, agendar um compromisso  complexo). Nestes casos, sinaliza para um operador humano, que pode completar a tarefa.

Para treinar o sistema em um novo domínio, usamos treinamento supervisionado em tempo real. Isso é comparável às práticas de treinamento de muitas disciplinas, em que um instrutor supervisiona um aluno enquanto ele está fazendo seu trabalho, fornecendo orientação conforme necessário e certificando-se de que a tarefa seja executada no nível de qualidade do instrutor. No sistema Duplex, os operadores experientes atuam como instrutores.

 


Fonte: The Verge

679 visualizações, 1 

Comentários Via Facebook
compartilhe

Solange Luz

Ela é a construção de todos que conheceu e de tudo que viveu, especialista em sonhar acordada e falar consigo mesma. No Voicers é a CCC (Content, Creator & Curator), carinhosamente conhecida como Queen of Words.
Fechar Menu